como sair da crise financeira

Como sair da crise financeira ?

30/04/2020 | Fonte: Nero Perícias

Estar diante de uma crise financeira é algo que, sem sombra de dúvida, todas as pessoas tentam evitar ao máximo. O problema é que, mesmo se planejando financeiramente, muitas vezes a situação foge do nosso controle.

Esse é o caso da crise financeira de 2020 e foi também a da crise de 2008, que chegaram no Brasil e, em pouco tempo, derrubaram vários setores do mercado, trazendo a crise financeira para dentro do lar de milhares de brasileiros.

Sabendo disso podemos concluir que existe apenas duas opções no momento, são elas: Se desesperar ou traçar uma estratégia eficaz para contar a situação.

É justamente sobre isso que iremos tratar durante esse conteúdo, então, se você quer sair da crise financeira, não deixe para depois e comece agora mesmo sua leitura.

Entendendo a crise financeira atual

crise

Quando um problema surge, a primeira etapa para a resolução do mesmo é entender o que está acontecendo. Assim também é com a crise financeira. Portanto, você precisará olhar o cenário atual e traçar o melhor caminho para sair da crise.

Se você está com dificuldade nesta etapa, veja as 2 perguntas, que você precisa fazer a si mesmo, para sair da crise:

O que está causando a crise?

Uma crise financeira pode vir de várias maneiras, por exemplo:

  • Falta de planejamento – Você causou sua própria crise financeira

  • Falta de administração do governo

  • Situações inéditas – Como é o caso da crise de 2020

Ao identificar o que está causando a crise, é hora de analisar os efeitos negativos da mesma.

Quais são os efeitos colaterais?

No caso da crise de 2020, podemos citar os seguintes efeitos colaterais:

  • Fechamento do comércio

  • Paralisação no setor industrial

  • Aumento de desempregados

  • Diminuição significativa no trabalho autônomo

Todos esses são efeitos colaterais da crise de 2020, portanto é uma situação que se deve dar o máximo de atenção.

Agora que entendemos a crise financeira e, também, suas consequências, é hora de traçar o perfil do consumidor no momento. Veja como fazer isso no próximo tópico.

Qual é o perfil do consumidor no momento

crise de 2008

Quando o mercado está sofrendo uma grande crise, é natural que o consumidor mude seus hábitos consumo, entender essa mudança e trabalhar em cima dessa informação é o fator determinante para sair da crise financeira.

Abaixo segue uma lista com dicas que, sem dúvida, irão te ajudar a entender como o consumidor está se comportando na crise de 2020:

Diminuição do poder aquisitivo

Milhares de pessoas estão com a jornada de trabalho reduzida, o que prejudica a remuneração do trabalhador.

Prefere consumir e adquirir somente o essencial

No momento o consumidor está optando por pagar somente o essencial, evitando ao máximo compras desnecessárias.

Está inseguro quanto ao futuro

É impossível determinar quanto tempo irá durar a pandemia e, também, quanto tempo o Brasil irá sofrer economicamente no pós coronavírus.

Fazendo a análise correta do perfil do consumidor no momento, é possível determinar um meio de continuar lucrando durante a pandemia e sair da crise financeira.

“Mas, todos os setores irão sofrer durante a crise, certo?”

Na verdade, não, alguns setores continuarão operando normalmente e, diga-se de passagem, até com maior intensidade, como poderá ser observado no próximo tópico.

Todos os setores irão sofrer?

Como foi dito anteriormente, nem todos os setores irão sofrer durante a crise e, como você já sabe, o perfil do consumidor no momento é cauteloso. Com isso em mente, veja abaixo alguns setores que passarão pela crise sem grandes prejuízos:

Está gostando deste artigo?

Cadastre-se aqui para receber nossas dicas semanais
e exclusivas toda semana no seu e-mail.

Setor da saúde

Tanto no serviço público quanto na iniciativa privada o setor da saúde continuará a todo vapor e pode, até mesmo, aumentar a busca pelos profissionais que trabalham na área.

Setor jurídico

O setor jurídico também está funcionando normalmente, embora de portas fechadas. O fato é que, nesse momento de quarentena, muitos juízes, advogados e peritos estão aproveitando o tempo para movimentar os processos que estão em aberto.

Manutenção de automóveis

A manutenção de automóveis também não irá se prejudicar muito durante a crise, isso por que esse serviço é, praticamente, essencial, para a grande maioria das pessoas.

Serviços básicos

Os serviços básicos como, Abastecimento de água, energia e internet não irá parar e, embora muitas empresas sejam públicas, a grande maioria possui mão de obra terceirizada.

Vale ressaltar que a ideia aqui não é transmitir ao leitor que apenas os setores acima irão continuar funcionando, na verdade muitos negócios, tanto de empreendedores quanto de autônomos, poderão seguir operando, mas, de maneira diferente, por exemplo: Muitos salões de beleza estão realizando serviço a domicilio para continuar lucrando.

Saindo da crise financeira

Agora que você já estudou o mercado e conhece o perfil do consumidor, terá algumas escolhas para sair da crise financeira, são elas:

Reinventar sua atividade atual

Como foi dito no exemplo do tópico anterior, embora a pandemia te impeça de trabalhar abertamente, você pode personalizar o seu negócio de modo a atender o seu cliente de forma segura.

Trabalhar em novo nicho de negócio

Se não há saída para sua situação, você pode escolher um nicho de mercado que está em alta no momento e abrir um novo negócio.

Buscar empregos que estão em alta durante a crise

Muitas empresas continuam contratando profissionais, principalmente nas áreas citadas no tópico acima, portanto, talvez seja hora de mudar o rumo do seu caminho profissional.

Para te ajudar a escolher uma profissão para sair da crise financeira, veja abaixo algumas dicas que podem ser úteis:

Trabalhar na área da saúde

Antes de mais nada precisamos ser transparentes, pois, estamos falando de uma escolha importante que poderá definir o seu futuro profissional, portanto precisamos ressaltar o seguinte:

Efeito sanfona no mercado de trabalho

crise financeira

O efeito sanfona é quando um setor em particular demanda um alto número de funcionários, mas, depois de um tempo, volta ao normal.

Embora seja só uma suposição, esse efeito pode vir a acontecer na área da saúde, uma vez que a demanda de profissionais para combater a crise é gigantesca no momento. Claro que isso é só especulação, mas que deve ser levado em consideração na hora da escolha.

Sabendo disso, veja abaixo algumas profissões que estão sendo altamente requisitada, tanto no setor público quanto no privado:

  • Técnico em enfermagem

  • Enfermeiro

  • Radiologista

  • Clinico Geral

  • Técnico de laboratório

Se você deseja ingressar em uma das áreas acima e possui a qualificação para tal, então é uma ótima maneira de sair da crise e botar seus conhecimentos em prática.

Trabalhar na área jurídica

A área jurídica, como já foi mencionado, está funcionando normalmente e possui uma ótima demanda no mercado de trabalho, portanto, é uma ótima maneira de ganhar um bom salário durante a pandemia.

Você deve estar pensando: “Mas a crise já está batendo na minha porta, não tenho tempo para fazer um curso superior de direito!”

Não se preocupe, você sabia que existe uma profissão na área jurídica com uma ótima remuneração e não necessita de curso superior. Muito pelo contrário, o curso para atuar na área é de, em média, 22h.

A profissão de que falo é a de perito grafotécnico. Se você não sabe o que esse profissional faz, veja abaixo:

O que faz um perito grafotécnico?

O perito grafotécnico é o profissional responsável por analisar, de forma técnica, a escrita humana, podendo identificar facilmente fraudes e falsificações.

Como trabalhar na área?

Para trabalhar como perito grafotécnico é preciso fazer um curso de perícia grafotécnica, que pode ser realizado, inclusive, em ambiente EAD.

No curso online o aluno terá todo o suporte profissional e, é claro, toda a estrutura digital para absorver o conhecimento necessário para trabalhar na área.

Quanto ganha um perito grafotécnico?

O salário desse profissional pode chegar a vinte mil reais e, ainda, é possível escolher a maneira como irá atuar, por exemplo: Se você deseja trabalhar como perito grafotécnico somente nas horas vagas, poderá fazer isso sem problemas.

Se você se interessou pela profissão de perito grafotécnico, deixaremos o link do curso de perito grafotécnico mencionado anteriormente, lá será possível observar toda a grade do curso e, também, o reconhecimento do mesmo em território nacional. Para se inscrever, Clique aqui.

Conclusão

Espero que o conteúdo acima tenha sido, de alguma forma, útil e que, a partir do mesmo, você possa encontrar seu próprio caminho para sair da crise financeira de 2020.

Lembre-se de continuar acompanhando nosso blog, pois, logo iremos trazer ainda mais novidades que, sem dúvida, serão de grande utilidade.

 

Leia também...
Quem pode ser Perito ?

A profissão de perito é de extrema importância tanto para a sociedade, no esclarecimento de crimes...

O que faz um perito judicial ?

Se você quer aprender um pouco mais sobre o mundo da perícia judicial ou se tem interesse em atuar como...

Profissão para trabalhar como autônomo

Ser um perito grafotécnico é a melhor profissão para trabalhar como autônomo e pode ser a opção de ...