Perito grafotécnico: como ser e o que faz?

Perito grafotécnico: como ser e o que faz?

01/03/2021 | Fonte: Nero Perícias


O perito grafotécnico é o profissional que avalia e define a autenticidade da assinatura em documentos públicos ou particulares. Ou seja, este profissional fica encarregado de identificar qualquer alteração na grafia que seja indicativo de possíveis fraudes.

Para exercer esta carreira, o profissional deve se capacitar na aplicação de técnicas e tecnologias que revelam se houve fraude no preenchimento de documentos ou então alterações em assinaturas ou rubricas. Conheça mais sobre essa profissão neste post.

O que é Grafotécnica?

Também chamada de grafoscopia, grafística ou então grafotecnia, a grafotécnica é um ramo da documentoscopia que se dedica a estudar as grafias e assinaturas. Seu objetivo consiste em atestar a falsidade, autenticidade, bem como a autoria de uma grafia em específico, através da aplicação de técnicas específicas e estabelecimento de um padrão de confronto.

Para que serve a Perícia Grafotécnica?

A perícia grafotécnica é um procedimento que tem como principal objetivo analisar a veracidade ou não de uma grafia em diferentes documentos, como por exemplo:

  • Falsificação de assinaturas em cheques ou então em outros documentos financeiros;

  • Fraude em atestado médico;

  • Cartas anônimas;

  • Notas promissórias;

  • Processos seletivos (concursos e vestibulares);

  • Dúvidas sobre a validade de assinatura em contratos particulares.

Somente o perito grafotécnico é quem possui o conhecimento técnico necessário para aplicar os exames grafotécnicos de ordem genérica e genética nos documentos contestados, tanto na esfera jurídica, quanto na esfera particular.

Como é feita a perícia grafotécnica?

Basicamente, a perícia é feita através de um exercício de confrontação, que funciona da seguinte maneira: de um lado está a Peça Questionada (Peça de Exame) e do outro a Peça de Confronto.

A peça questionada se refere ao documento cuja autenticidade está sendo questionada e, por isso, é a peça que será periciada. Enquanto isso, a peça de confronto corresponde ao documento com a grafia original da pessoa cuja autoria nos lançamentos caligráficos está sendo analisada.

A partir desse comparativo, o perito grafotécnico aplica os chamados exames grafoscópicos em ambas as peças, anotando os resultados de cada uma. E, em seguida, analisa quais são os pontos divergentes e quais são convergentes.

Se o número de convergências for maior que o de divergências, conclui-se pela autenticidade do documento. Do contrário, a conclusão será pela falsificação da grafia.

O que faz um Perito Grafotécnico?

De modo geral, o registro escrito é uma característica única de cada indivíduo, assim como sua digital. Com isso, existem alguns fatores técnicos e cognitivos que definem como é a escrita de uma pessoa. Desde traços, até intensidade, formato da linha, ângulo da escrita entre outros.

Ou seja, é praticamente impossível que uma grafia seja 100% igual a outra, sendo feita por pessoas distintas. Cada pessoa tem um grafismo que é único.

O perito grafotécnico, por sua vez, é o profissional capacitado que irá analisar documentos cujas grafias estão sendo questionadas. Através da aplicação de testes de ordem genética e genérica, o perito consegue atestar a autenticidade, ou então falsificação, alteração e até autoria de tais peças.

Está gostando deste artigo?

Cadastre-se aqui para receber nossas dicas semanais
e exclusivas toda semana no seu e-mail.

Quanto ganha um perito grafotécnico?

O salário do perito grafotécnico varia de acordo com a quantidade e complexidade dos trabalhos que este profissional executa, já que não se trata de uma profissão regulamentada pela CLT, com local e horário fixo de trabalho. Contudo, vale destacar que o mercado para esta profissão é bem vasto, principalmente porque são poucos os profissionais habilitados para esta função.

E mesmo não havendo um teto especifico para esta profissão, existe uma média de valor nesse mercado que se pode usar como referência. No geral, pericias judiciais giram em torno de R$ 4.000,00 por laudo técnico. E para perícias privadas, o valor médio é de R$ 2.500,00.

Lembrando que o perito grafotécnico também pode atuar como assistente de uma das partes em um processo judicial, sendo que o valor médio que se cobra nesse caso é de R$ 3.500,00.

Portanto, um perito com dedicação parcial ao trabalho de grafotecnia pode faturar cerca de R$ 20.000,00 por mês!

curso de perito grafotécnico

Quais as vantagens da profissão de perito grafotécnico ?

Basicamente, a profissão de perito grafotécnico é uma das que oferece algumas vantagens interessantes, sendo que as principais são:

  • Rapidez e facilidade para se formar: o curso de perito grafotécnico é de apenas 22 horas de estudo, são várias as escolas que disponibilizam o curso e, ainda, pode ser feito on-line (pela internet);

  • Alta Demanda: com vários casos de corrupção e necessidade de se atestar a fidelidade de documentos, a demanda por este serviço é muito grande, seja na área privada como na pública;

  • Excelentes Honorários: o valor pago pela perícia é bastante atrativo e condizente com a complexidade do trabalho;

  • Qualidade de vida: você administra seu tempo e a quantidade de trabalho de sua responsabilidade;

  • Baixo Investimento: os cursos de formação são baratos, geralmente não superiores a R$ 1.000,00, e dão retorno rápido com a atuação na área.

Como ser um Perito Grafotécnico ?

o que faz um perito grafotécnico

Com tantas vantagens, certamente você deve ficou interessado e agora quer saber como se tornar um perito grafotécnico, certo?!

Para se tornar um perito grafotécnico você deve fazer um curso de perícia grafotécnica e obter o certificado correspondente, atestando que está habilitado para o exercício da profissão.

Em seguida, é importante se cadastrar nos Tribunais de Justiça para atuar como perito grafotécnico judicial e ser nomeado como tal em processos judiciais, que é uma das atuações principais na carreira.

Clique para baixar o E-book Grátis

Onde fazer o curso de perito grafotécnico?

Para se tornar um perito grafotécnico de sucesso, competente e renomado, você deve investir em uma formação de ponta, com professores qualificados e experientes.

Para isso, você pode contar com nosso Curso de Perito Grafotécnico, que, além de contar somente com professores impecáveis, oferece:

  • Aulas à distância, totalmente on-line;

  • Prática com modelos de laudos e petições;

  • Material apostilado;

  • Certificado de conclusão de curso aceito em todo o Brasil;

  • Aula Bônus com orientações de como se cadastrar no Tribunal de Justiça para atuar como perito grafotécnico;

  • Canal de atendimento direto com o professor, para sanar dúvidas;

  • Baixo investimento;

  • Garantia de recuperação do investimento com a realização da primeira perícia.

É hora para você mudar de vida! A profissão de perito grafotécnico está em alta e o mercado carente de profissionais. Por isso invista nesta carreira e tenha ganhos expressivos, trabalhando quando e onde quiser e com mais tempo para dedicar a família e amigos. Aproveite e se inscreva já!

 

Leia também...
O que fazer para aumentar a renda?

Em tempos de instabilidade econômica, como a da pandemia, a busca por aumentar a renda familiar para drib...

Como ter uma Renda Extra?

Como faço para ganhar dinheiro, aquele tipo de renda extra que faz toda a diferença no final do mês? ...

Como Ganhar Dinheiro Extra em 2021?

A melhor maneira de garantir um dinheiro em 2021 é através de uma renda extra. Por isso, muitas pessoas b...