Quem pode ser perito grafotécnico ?

Quem pode ser perito grafotécnico ?

27/04/2020 | Fonte: Nero Perícias

Se você está querendo saber quem pode ser um perito grafotécnico então é porque já sabe ou se interessa pela Grafoscopia. Se ainda não está muito familiarizado saiba que ela é uma ciência que faz parte da Documentoscopia e que trata da análise da escrita, mais precisamente no intuito de determinar a autoria ou não de um determinado lançamento caligráfico. A técnica de aplicação da Grafoscopia na prática é chamada de Perícia Grafotécnica.

A perícia grafotécnica consiste em aplicar os exames grafotécnicos ou exames grafoscópicos nas escritas em investigação no intuito de saber se elas foram produzidas de determinado punho escritor ou não.

Como é feita a Perícia Grafotécnica ?

A Perícia grafotécnica é feita por confrontação. De um lado temos a escrita a ser investigada, também chamada de Peça Questionada e de outros as escritas autênticas da pessoa que está sob investigação.

A perícia então consiste em confrontar estas escritas para determinar se há mais elementos convergentes ou divergentes entre elas.

O que são os exames grafoscópicos ?

Os exames grafoscópicos (ou exames grafotécnicos) são exames que o profissional da perícia grafotécnica deve fazer em cada escrita que deve ser analisada.

Quais são os exames grafotécnicos ?

Os exames grafotécnicos podem ser divididos em exames de ordem geral (ou genérica) e exames de ordem genética.

Dentre os exames de ordem genérica podemos citar: Calibres, Espaçamentos Gráficos, Comportamentos Gráficos, Proporcionalidade Gráfica, Valores Angulares, Valores Curvilíneos e Inclinação Axial.

Os exames de ordem genética são: Pressão, Progressão, Momento Gráfico, Ataque , Desenvolvimento, Remate e Mínimo Gráfio.

Após feitos todos os exames grafotécnicos o profissional da perícia deve analisar cada um deles, fazer a confrontação e anotar os resultados em uma tabela que chamamos de “Quadro dos EOGs”.

No caso do exame de ataque, por exemplo, o perito deve confrontar a análise que fez de todos ataques da peça questionada com a analise feita em todos os ataques dos padrões de confronto. Se quando confrontar ele perceber que há uma convergência nos resultados destes testes, então ele deve anotar este resultado no Quadro dos EOGs. Geralmente se faz um sinal de positivo (+) na coluna do exame de Ataque neste quadro.

Neste exemplo, fica evidenciado que no caso do exame que Ataque (que é um elemento genético) há uma convergência entre a escrita da Peça Questionada e as escritas dos padrões de confronto.

O perito então deve seguir com o mesmo procedimento para os demais exames grafotécnicos. Ao final, ele deve analisar o Quadro de EOGs e, caso tenha um maior número de anotações positivas (+), então indica que a maioria dos exames deu “convergente”, ou seja, a escrita da peça questionada foi produzida pelo mesmo autor dos padrões de confronto.

No entanto se no Quadro de EOGs tiver um número maior de sinais negativos (-), isto indica que a maioria dos exames grafoscópicos deram resultado divergente e isto indica que a escrita da Peça questionada não foi produzida pelo mesmo autor dos padrões de confronto. Se esta escrita for uma assinatura, por exemplo, então o perito pode atestar que a mesma é falsa.

O que é Laudo Pericial Grafotécnico ?

Depois de feitos todos os exames grafotécnicos, de analisado o Quadro de EOGs e de determinado o resultado final da perícia, o perito então deve elaborar o que chamamos de Laudo Pericial Grafotécnico.

O laudo grafotécnico é um documento que contem o passo a passo de como a perícia foi feita, de forma que qualquer pessoa sem conhecimento técnica possa ler e entender a perícia e seus resultados.

O laudo pericial grafotécnico deve conter o detalhamento da Peça questionada e dos padrões de confronto, a qualificação do autor dos padrões de confronto, a metodologia utilizada, as possíveis diligencias se houverem, o resultado com ilustração de cada exame feito e, por fim a conclusão fundamentada.

Quem Pode fazer Perícia Grafotécnica ?

A perícia grafotécnica, apesar de ser um procedimento simples, deve ser feita apenas por profissionais habilitados. O profissional que está habilitado a fazer este tipo de perícia é o perito grafotécnico.

É ele o profissional que detém o conhecimento da Grafoscopia e que faz os exames grafotécnicos tanto na Peça Questionada (documento a ser periciado) quanto nos Padrões de Confronto (documentos utilizados como cotejo) para, a partir da confrontação dos resultados destes exames, apurar se as escritas são falsas ou autênticas.

Quanto ganha um Perito Grafotécnico ?

O Perito Grafotécnico atua sempre como um autônomo. Ele pode ser solicitado tanto por um juiz (como perito judicial, atuando em processos que envolvam indícios de falsidade de assinatura, por exemplo), quanto pode ser solicitado de forma extrajudicial, como é o exemplo de empresas que contratam esse especialista para examinar assinaturas, títulos e documentos.

A média de ganho inicial desse profissional é de R$ 2,5 mil por assinatura “simples” periciada para clientes particulares. Se a perícia for em assinaturas mais complexas (rabiscos) este valor pode triplicar. Já no âmbito judicial a média é de R$ 3.500,00 por assinatura periciada.

Para um perito que atue em tempo parcial os ganhos podem chegar a R$ 20 mil mensais.

Uma grande vantagem desta profissão é que ela pode ser exercida nas horas vagas, juntamente com outra atividade que o profissional possa ter.

Como está o mercado de perícia grafotécnica ?

A demanda por este tipo de profissional é muito grande, visto que o Brasil está entre os países com mais casos de fraude do mundo. Segundo dados do Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, em janeiro deste ano houveram 161.097 tentativas de fraude no Brasil, marcando alta de 7,1% quando comparado com dezembro de 2017.

Por outro lado a quantidade de profissionais disponíveis no mercado é muito pequena e, com isso, faltam peritos grafotécnicos para suprir a grande demanda de trabalho. Como consequência milhares de processo estão parados no judiciário por falta deste profissionais.

Tudo isso faz com que o mercado de perícia grafotécnica esteja muito aquecido no Brasil, o que faz da profissão de peito grafotécnico uma das profissões em alta não só para este ano de 2020 mas para os próximos 5 anos com certeza.

Está gostando deste artigo?

Cadastre-se aqui para receber nossas dicas semanais
e exclusivas toda semana no seu e-mail.

Como ser um Perito Grafotécnico ?

curso de perícia grafotécnica

curso de perícia grafotécnica


Para se tornar um perito grafotécnico é preciso fazer um curso de especialização na área. O curso é bem simples e pode ser feito na modalidade à distância, pela internet.

Quanto aos requisitos não há; qualquer profissional pode atuar, desde que faça um curso de perícia grafotécnica para adquirir os conhecimentos da grafoscopia.

Onde fazer o curso de perícia grafotécnica ?

A Nero Perícias oferece o curso de perito grafotécnico online. O curso foi desenvolvido por Evandro Correia Silva, perito grafotécnico e sócio fundador da Nero Perícias.

O curso é 100% online, através de vídeo-aulas que o aluno pode assistir através de seu computador, tablet ou celular.

Uma das vantagens deste curso é que ele possui suporte diretamente com o professor Evandro, , além de receber um material que chamamos de Receita de Bolo da Perícia Grafotécnica, que é um passo a passo de como fazer a perícia.

Como se cadastrar nos Tribunais de Justiça para atuar como perito Judicial ?

O curso ainda oferece uma aula bônus que ensina o passo a passo de como se cadastrar nos tribunais de justiça, além de um modelo de carta de apresentação para o aluno levar até às varas que ainda não disponibilizam o sistema de cadastro online..

Como atuar como assistente técnico grafotécnico ?

curso de perito grafotécnico

curso de perito grafotécnico


Também para aqueles que queiram atuar como assistente técnico grafotécnico (ou seja, para uma das partes e não para o juiz), o curso oferece uma aula de “como atuar e divulgar seus serviços como assistente técnico”.

O curso de perito grafotécnico é um dos mais completos do mercado e ministrado por quem atua no mercado até hoje (o perito Evandro Correia Silva).

Para se inscrever no curso é bem simples, basta clicar aqui e seguir os procedimentos mostrados em tela ou, se preferir o aluno pode ligar no escritório da Nero Perícias no (11) 2829-8767 ou ainda entrar em contato pelo WhatsApp (11) 93140-1000.

Quero me Tornar um Perito Grafotécnico!

 

Leia também...
Qual é o salário de um perito judicial?

Se você está procurando uma profissão onde possa fazer a diferença, essa é definitivamente uma delas...

Como sair da Crise Econômica ?

Não é segredo para ninguém que o Brasil está sofrendo uma crise econômica devido a pandemia e ...

Quem pode ser Perito Criminal ?

Você já quis exercer uma profissão instigante que fizesse diferença na vida das pessoas? ...